Criado em 19 Dezembro 2017

Com o auditório Min. Elmiro Nogueira lotado por servidores do TCE e do MPC, os titulares das secretarias de Controle Externo, e Tecnologia da Informação, respectivamente Ana Paula Maciel e Carlos Gomes, apresentaram previamente, na sexta-feira 15, um pouco da mudança de paradigmas e benefícios que o sistema desenvolvido pela SETIN em parceria com a SECEX irá proporcionar quanto à otimização, diminuição de custos e celeridade nas análises das prestações de contas de gestão dos jurisdicionados.

A reunião foi prestigiada pela presidente do TCE, conselheira Lourdes Lima. Os conselheiros André Dias (vice-presidente) e Nelson Chaves (coordenador de TI) e a ouvidora do tribunal, conselheira Rosa Egídia, também participaram do encontro.

Coordenador de TI, o conselheiro Nelson Chaves, abriu a reunião no auditório, saudando a plateia formada por servidores do TCE e do MPC, bem como enaltecendo a iniciativa de servidores da casa em criar o novo produto que irá dar celeridade na prestação de contas de gestão dos jurisdicionados.

“Este congraçamento, esta união de esforços das unidades e departamentos do tribunal são extremamente salutares, pois a finalidade é legar à sociedade e aos jurisdicionados melhores serviços e mais qualidade no cumprimento do papel constitucional do TCE”, ressaltou ele.

Para a presidente do tribunal, conselheira Lourdes Lima, a parceria entre a SECEX e SETIN reforça o tripé que fundamenta o Plano de Gestão do biênio 2017-2018. “Parabenizo todos os servidores que se empenharam no sentindo de cumprir metas estabelecidas, e ainda facilitar as prestações de contas dos nossos jurisdicionados, bem como diminuir os custos dessas prestações”, disse ela.

O vice-presidente do TCE, conselheiro André Dias e a ouvidora do tribunal, conselheira Rosa Egídia, também se pronunciaram louvando a iniciativa conjunta das secretarias de Controle Externo e Tecnologia da Informação.

“Muito já foi dito, de fato são muitos os passos, as trilhas que temos que seguir para alcançar a excelência que todos nós almejamos neste tribunal. Mas participar hoje desta apresentação de prestação de contas e gestão eletrônica nos parece um passo muito grande, porém tem que começar e o nosso ponto de partida é agora. Usando a inteligência desta equipe maravilhosa aqui e o conhecimento de todos os técnicos, se Deus quiser, estaremos comemorando no ano que vem o início do processo eletrônico, certamente.”, ressaltou Rosa Egídia.

“A exposição foi didática. A grande mudança que vejo é o trabalho feito na medida do nosso Tribunal: é importante que cada um de nós contribua para que o sistema tenha o nosso formato. Estamos sempre preocupados em alcançar a missão do nosso trabalho”, completou o vice-presidente.

Segundo Ana Paula Maciel, “a SECEX participou com muita alegria de todo o processo de elaboração do projeto deste sistema, pois é uma demanda antiga da área fim, cuja implementação representa um avanço importante para a fiscalização. O módulo Contas de Gestão possibilitará melhor padronização, controle, segurança no armazenamento de informações, maior celeridade na coleta de dados e, consequentemente, maior rapidez nas análises das contas. O próximo módulo a ser entregue será para os processos de admissão de pessoal, cujo desenvolvimento está avançado e irá envolver a remessa de informações estruturadas quase em sua totalidade. Os demais módulos previstos a serem implantados fazem parte de um projeto a médio e longo prazos, que precisam ser desenvolvidos para o aperfeiçoamento da fiscalização, visando a atuação de um controle externo cada vez mais eficiente em prol da sociedade.”

“O sistema e-Jurisdicionado será composto por diversos módulos cujos objetivos é a captura de dados e informações em um formato estruturado visando apoiar as atividades de controle externo. Com dados estruturados teremos a possibilidade de realizar críticas nos dados informados, validar com outros banco de dados, integração com os sistemas do tribunal, utilização de trilhas de auditoria, emissão de alertas e até mesmo automatizar parte do processo de análise dos processos. O primeiro módulo a ser implantado é o de Contas de Gestão que permitirá o envio eletrônico das Prestações de Contas Anual de Gestão de todos os jurisdicionados do TCE.”, afirmou o secretário de TI, Carlos Gomes.

O sistema estará disponibilizado aos jurisdicionados para o envio das prestações de contas de gestão a partir de 1º de março de 2018, encerrando-se 31 de maio do próximo ano. No próximo dia 17 de janeiro, o sistema e-Jurisdicionado e as normas relacionadas serão apresentadas aos dirigentes e técnicos dos órgãos jurisdicionados, que serão os principais beneficiados com mais esta meta atingida pela gestão da conselheira Lourdes Lima. Durante o período de 22/01/2018 a 09/02/2018 ocorrerá o respectivo treinamento no sistema aos jurisdicionados.

Veja aqui o material da apresentação.

 

Ouvidoria

Tv. Quintino Bocaiúva, 1585. Nazaré. Belém - PA. 66035-903.
Fone: (91) 3210-0803 / 0800
Atendimento: 8:00h - 14:00h
Sessões Plenárias Ao Vivo
Sessões Ordinárias todas as 3ª e 5ª feiras, às 9:00h com transmissão ao vivo pela Internet.

Tv. Quintino Bocaiúva, 1585.
Nazaré. Belém - PA. 
66035-903.
Tv. Luiz Barbosa, 962.
Caranazal. Santarém - PA. 
68041-420.
Av. VP 8, Folha 32, Quadra 17
Lote 11, Nova Marabá. Marabá - PA. 
68508-160.
(91) 3210-0555 (93) 3522-1718 / (93) 3522-9794 (94) 3323-0799

Atendimento ao Público de 8:00h às 14:00h
Atendimento no Protocolo de 8:00h às 18:00h (de segunda à quinta-feira) e de 8:00h às 16:00h (sexta-feira)