Criado em 13 Setembro 2018

Com o tema “Os Tribunais de Contas na era da inovação”, Tribunal de Contas do Estado do Pará (TCE-PA), em parceria com o Ministério Público de Contas do Estado (MPC-PA) realizou, nesta quarta-feira, 12, a segunda etapa da ação “Capacitação de Membros”. A ação faz parte do eixo educacional da Escola de Contas Alberto Veloso (Ecav).

A palestrante desta etapa foi a professora Cristiana Fortini, pós-doutora pela George Washington University e doutora em Direito Administrativo pela Universidade Federal de Minas Gerais. Os eixos temáticos abordados nas quatro horas da programação foram “Função Sancionatária” e “Futuro das Licitações e Contratações Públicas”.

A presidente do TCE-PA, conselheira Lourdes Lima, todos os conselheiros e substitutos do tribunal, a procuradora geral de Contas do MPC-PA, Silaine Vendramin, e os procuradores do órgão ministerial participaram da capacitação.

“Eu acho muito louvável que os membros do Tribunal de Contas do Estado e do Ministério Público de Contas parem suas atividades para que possam se aperfeiçoar e discutir internamente como encontrar soluções para melhorar o controle externo. A nossa manifestação foi no sentido de discutir o futuro das contratações públicas e das inovações nessa área, pois consideramos que são temas relativos ao dia a dia de ambas as instuições”, disse Cristiana.

Ainda quanto às contratações públicas via licitações, a palestrante disse que o Brasil passa por uma possibilidade de mudança “muito significativa”. “É um cenário que se avizinha, pois tramita no Congresso Nacional um ‘Projeto de Lei ou PL’ que revoga a atual Lei de Licitações – incluídas a 8.666/93, a Lei do Pregão e a RDC –, e cria um novo diploma legal sobre licitações, que não será somente uma mudança de procedimentos, mas um aprofundamento sobre o significado do que é licitação”, destacou.

“Por exercerem o controle externo, os tribunais de contas dialogam diariamente com este cenário das contratações públicas, e o ‘PL’ que está no Congresso não apenas está mudando a forma do gestor lidar com licitações, mas está também colocando os tribunais de contas num novo patamar, numa proatividade ainda maior, acentuando o caráter pedagógico da atuação dos tribunais”, esclareceu Cristiana Fortini.

“A capacitação dos membros do Tribunal de Contas do Estado e dos procuradores do Ministério Público de Contas é uma oportunidade de aprendizado mútuo, mas também representa uma chance para a troca de experiências, a promoção do debate e da atualização sobre os temas relativos à área do controle externo. A esse sentimento somamos ainda a certeza de que caminhamos no rumo certo, na medida em que esse marco legal que está para ser votado no Congresso Nacional, ao reforçar o papel constitucional pedagógico dos tribunais de contas, vai de encontro aos nossos esforços nesse sentido”, destacou a presidente do TCE-PA, conselheira Lourdes Lima.

A conselheira acrescentou ainda que: “os eventos propostos nos últimos anos pelo conselheiro Nelson Chaves, e realizados nas gestões dos conselheiros Cipriano Sabino e Luis Cunha, bem como nos nossos dois períodos na presidência do tribunal, têm procurado exatamente isso: orientar, prevenir, capacitar para não punir”, encerrou.

Ouvidoria

Tv. Quintino Bocaiúva, 1585. Nazaré. Belém - PA. 66035-903.
Fone: (91) 3210-0803 / 0800
Atendimento: 8:00h - 14:00h
Sessões Plenárias Ao Vivo
Sessões Ordinárias todas as 3ª e 5ª feiras, às 9:00h com transmissão ao vivo pela Internet.

Tv. Quintino Bocaiúva, 1585.
Nazaré. Belém - PA. 
66035-903.
Tv. Luiz Barbosa, 962.
Caranazal. Santarém - PA. 
68041-420.
Av. VP 8, Folha 32, Quadra 17
Lote 11, Nova Marabá. Marabá - PA. 
68508-160.
(91) 3210-0555 (93) 3522-1718 / (93) 3522-9794 (94) 3323-0799

Atendimento ao Público de 8:00h às 14:00h
Atendimento no Protocolo de 8:00h às 18:00h (de segunda à quinta-feira) e de 8:00h às 16:00h (sexta-feira)